DICAS PET

FATORES QUE CONTRIBUEM PARA A QUEDA DA IMUNIDADE EM PETS
Você sabe o que é imunidade? É a capacidade que temos em responder adequadamente à alguma agressão externa ao nosso organismo. É a resistência ou proteção contra algo, normalmente relacionada com doenças e infecções que podem atacar o nosso organismo.

Quando ficamos com baixa imunidade, nos tornamos predispostos a contrair doenças, em decorrência de "ataques" de agentes infecciosos, pois nosso organismo não consegue combatê-los. O mesmo ocorre com os nossos pets. Se estão com a imunidade baixa, seu organismo tem dificuldade de combater esses agentes infecciosos, abrindo espaço para que diversas doenças se instalem.

E o que pode contribuir para a queda de imunidade do seu pets? Entre diversos fatores, estão:

- Estresse: alterações no ambiente, mudança na alimentação, inserção de um novo membro da família (seja humano ou pet), são alguns fatores que podem gerar estresse e, consequentemente, diminuição da imunidade. Apatia, latidos excessivos, agressividade entre outros, podem ser sinais de estresse, e devemos ficar bem atentos, procurando a ajuda de um médico veterinário caso a situação persista.

- Senilidade: animais idosos costumam ter a imunidade diminuída naturalmente, tornando seu sistema imunológico mais frágil. Verifique com o médico veterinário se as necessidades vitamínicas e minerais do seu pet estão sendo supridas com a alimentação e se há necessidade de uma suplementação vitamínica.

- Filhotes: filhotes que ainda não concluíram o ciclo das vacinas, possuem baixa imunidade. Muito cuidado nessa hora! Se o seu filhote não concluiu o ciclo das vacinas indicadas pelo médico veterinário, não deixe que entre em contato com outros animais não vacinados.

- Verminoses: além de causar queda de imunidade, vermes podem transmitir doenças para o seu pet! Mantenha-o sempre vermifugado!

- Alimentação inadequada: uma alimentação inadequada pode levar à deficiência de vitaminas e minerais, diminuindo assim sua imunidade e tornando o seu pet mais susceptível a doenças. As necessidades de vitaminas e minerais não são as mesmas para todos os pets, portanto, a alimentação deve ser adequada à fase em que o mesmo se encontra.

Seja ele filhote, adulto, idoso, esteja em fase de crescimento ou reprodução, uma alimentação e/ou suplementação adequada deve ser provida, sempre com um acompanhamento do médico veterinário.

Portanto, fique atento a qualquer sinal de queda de imunidade nos pets. Vacine-os com a frequência indicada pelo médico veterinário, verifique com o mesmo a possibilidade de um plano de suplementação vitamínica e mineral para o aumento da imunidade, ofereça alimentação de qualidade e esteja sempre atento a mudanças no ambiente e no comportamento dos seus pets!


Publicado em: 23 de Julho de 2018
Por : Simone Amitay Tencer - Médica Veterinária
< VOLTAR
Avenida Dom João VI, 500 • Distrito Industrial • Pindamonhangaba • SP
2016 © MUNDO ANIMAL.
Desenvolvido por: Impulsa